segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

sem palavras.

A Comer-me o Coração

Acariciando-o com tua língua
E o seduzindo com teus dentes
Deixas meu coração à míngua
Em suaves mordidas veementes

Tu vais a lento mastigar
E urge o sentimento que te tenho
Então me podes mitigar
Sem nem mexer-te o cenho

E como te pões pra comer
Sem dizer-me de antemão?
Só não venhas me dizer

Que o fizeste sem intenção.
Como posso mais viver
Se me comeste o coração?


Ontem, eu tive o prazer de conhecer, eu acho que conheci, o ser que escreveu este soneto.
Seu nome? Lucas Albuquerque.
Sem nada a acrescentar, porque não tenho ainda, palavras pra descrever o que eu achei sobre isso.
Beijos e queijos!

Um comentário:

  1. ô, bicho.. eu gostei.. logo quando eu vi o nome do soneto.. eu adorei! :P
    haaha..
    onde conhecestes ele?

    ResponderExcluir