quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

QUASE UMA RESPOSTA.

Título: E se tivesse um porém...

Você queria tudo isso, mesmo sabendo, que pode perdê-lo depois de uma semana?
Você ia querer tudo isso, se por acaso se visse em um abismo, onde tivesse que pensar entre viver o presente e pensar no futuro? E se por acaso, tivesse quase a certeza que por um leve estalar de segundo, aquela pessoa NUNCA mais pudesse ser sua, logo depois de ter beijado muito, falado muito, dançado e escutado tudo também em grande volume... E quando voltasse pra casa e fosse se lembrar dele, tivesse que se lembrar do porém, da consequência daquelas coisas loucas que viveu... Daqueles sentimentos malucos que foram em alto pico, daquelas imagens, rondando pela sua mente, daquela pele quente, daquele beijo talvez, o melhor, daquelas palavras, risos... De tudo. E ai? Como você se sentiria? Ia sentir como se pudesse tudo e que ia sair ilesa sem qualquer dor, sem qualquer saudade, mesmo que boas, sem nenhuma palavra, exceto aquele 'Adeus, eu volto daqui a dois meses.'? Iria se sentir obrigada a ESQUECER, palavra que inclusive você disse ser louca, ser chata, e dificil? Iria se sentir tão pequena, sem a presença daquele ser, que você vendo tão pouco, que você estando tão pouco, meche com qualquer estrutura? Bem, sinto-me mais ou menos assim.
Sinto-me como uma bolha louca, girando quase incontrolável. Porque não vou sair ilesa, irei sentir saudades boas e ruins, saudade até do bendito Adeus que provocou dor. Mas vou me sentir pequena da forma que descrevi. Sem qualquer escolha, ou a única que tenho é aquela que só quer o bem. Só quer uma carreira profissional para aquele ser. Nada mais... A certeza leve de que esquecer e não lembrar vai ser difícil. Quase impossível.
E a outra, que só de pensar doi o coração.

'' eu sei de tudo que acontecesse entre a gente, nem imagino tentar te esquecer, não vejo a hora de te ter novamente, ficar com você...''



PRA QUEM NÃO ENTENDEU, ANIMEI MUITO E COLOQUEI COMO RESPOSTA, DO TEXTO DE NANA: http://esteblognaoexistemais.blogspot.com/2009/12/pois-se-voce-nao-quer-eu-quero.html#comment-form

Nenhum comentário:

Postar um comentário