segunda-feira, 16 de novembro de 2009

algo.

Escrevi algo hoje, do nada, nestante. e me deu vontade de passar do bloco de notas pra cá.

(...)
Fiquei pensando porque eu te procuraria, se dessa vez e de tantas outras, tenho convicção de que não estou errada. Mas orgulho, literalmente, não leva ninguém a nada. E muitas vezes, este dito cujo, só nós fazer esperar por algo que estamos com vontade de fazer... Enfim.
Não te condeno por nada. Não te julgo em nada... Mas você vê a vida, as amizades, o amor, de um ângulo muito imerso. Muito turvo... Ou torto! Isso de você achar que sempre está certa... E que eu estou sempre a errada. Luh, todo mundo erra! É a vida. Ninguém inventou isso não. Nós já vinhemos pro mundo com essas circunstâncias. Nós erramos e precisamos aprender que é com os erros que nós seguimos nossa vida em frente. Os erros nós guiam pra frente. Uma pessoa que amo demais dizia assim: ''A experiência dos erros, ela é tão importante quanto às experiências dos acertos, porque vistos de um jeito certo, os erros, eles nos preparam para nossas vitórias e
conquistas futuras, porque não há aprendizado na vida que não passe pelas experiências dos erros''.
E é exatamente isso. Cada vez que erramos, Deus nós deu a capacidade de levantar. A capacidade de refazer a vida a cada dia. De viver cada dia de uma forma intensa. Precisamos aprender que muitos que passaram por nós, irão errar. Irão fazer de nós, pessoas tão pequenas diantes de grandes tesouros. Mas quando nós erramos, muitas vezes não terá ninguém pra nós levantar e dizer: vamos lá amigo. Esses poucos que estarão do seu lado, nestes momentos, é porque no fundo nós amam. E se agora estou aqui jogando todo e qualquer orgulho que eu tenho de lado, é porque eu ainda me sinto bem com o seu sorriso. Quero que você entenda, que eu e outras tantas pessoas que conviveram e que convivem contigo, não tem culpa alguma por algo que você passa, por um sentimento que aflora sua pele, por um grito que arrepia sua alma, isso também acontece comigo muitas vezes, e tantas vezes que acontece, eu procuro me afastar das pessoas, porque não é legal machucá-las. Me responda, você gosta de ser machucada? Não né? Eu também não gosto. Ninguém gosta... E a cada vez que você me machucou, e machucou tantos outros, você vai perdendo uma parte pequena. E quandos machuca várias vezes, nós perde toda. E a tendência.. É só piorar. Você so se afasta das pessoas que mais ama, e que mais te amam,
das pessoas que só desejam o seu bem. Eu preciso estar bem comigo, antes de estar com você.
E você também precisa estar bem consigo, antes de mim. Não me faz bem as coisas que você fala... E te garanto, que se você me ama, vai precisar me aceitar da forma que eu sou. Porque sou humana, sou feita de ossos como você, TENHO SENTIMENTOS e erro. E necessito, assim como você, de amor, tempo, calma, espaço e atenção.
Não sou perfeita. Deus não era perfeito. Você não é perfeita.
E a mágica na vida está exatamente no ato de encontrar a imperfeição do outro.
Se todo mundo fosse perfeito qual era a graça de se viver? Não teria aventuras, não teria emoções, não teria amizades. Amizades são construidas com diferenças. Com adversidades. Com tempestades. Se não houvesse elas, nós nunca seriamos capazes de aprender.
Aquele mesmo alguém que citei acima dizia ainda assim: ''Quando os erros cometidos eram demais, eu me recordo, a gente virava a página. Era um jeito interessante de descobrir a graça que há nos recomeços, ao virar a página, os erros cometidos deixavam de nos incomodar e a partir deles, a gente seguia um pouco mais crescido. (...) Erros não precisam ser fontes de
castigos. Erros podem ser fontes de virtudes! Na vida é a mesma coisa, o erro tem que estar à serviço do aprendizado; Ele não tem que ser fonte de culpas e vergonhas. Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande sem que seja capaz de reconhecer os erros que cometeu na vida. Uma coisa é a gente se arrepender do que fez! Outra coisa é a gente se sentir culpado. Culpas nos paralisam. Arrependimentos não! Eles nos lançam pra frente, nos ajudam a corrigir os erros cometidos.''
''Você tem errado muito? Não importa, aceite de Deus essa nova página de vida que tem nome de hoje! Quando os erros são demais, vire a página!''

Acho que é isso.
Se você quiser uma nova página, um novo recomeço, estou aqui. Se quiser conversar, estou aqui. Só lhe peço que se for pra responder e me magoar mas uma vez não responda.
Leia e releia até pensar bem no que faz. E ter respostas e afirmativas animadoras pra tudo que disse. ;*


sinistro, meu coração é louco, louco, louco.
e eu tenho variadas vezes, MUITO MEDO da intensidade de como ele palpita. neste final de semana, uau. palpitou muito. e agora? as lembranças do final de semana continuam palpitando. ;*

Um comentário:

  1. menina-morena... todo coração é louco, todo coração palpita intensamente e, principalmente, todo coração não encontra as respostas e razões que a gente pensa que precisa saber.
    O texto tá muito ótimo, pra variar..
    e eu amei esse fim ' Acho que é isso. Se você quiser uma nova página, em novo recomeço, estou aqui. Se quiser conversar, estou aqui. Só lhe peço que se for pra responder e me magoar mais uma vez, não responda. Leia e releia até pensar bem no que faz. E ter respostas e afirmativas animadoras pra tudo que disse. ', gostei mesmo.. especialmente a parte do ' magoar '..
    seus textos são sempre bem intensos e lindos.
    Adorei esse.

    ResponderExcluir