domingo, 25 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

MY LIFE'S SIX MEN.

FICOU ENORME! Mas não ficaria pequeno falando de GRANDE HOMENS, só faço
questão que esses ai de baixo, leiam. Os outros, só neste texto, serão os
outros. :~

César, T( H )iago, Kito, Caio, Gabriel e Aruan.
Respectivamente.


Queria começar com aquele cliché que diz: '' Por trás de um homem, há sempre uma grande mulher''. Estou aqui, agora, pra dizer que na verdade, há atrás de uma mulher, um grande homem. Homens, homens... e todo o poder que eles conseguem exercer sobre nós. Não venham me dizer que viveriam sem um desses. O pai continua sendo nosso homem mesmo quando ele reclama que não deveríamos sair. O irmão continua sendo nosso homem mesmo quando ele faz papel de pai. O amigo, continua sendo homem, quando só quer nosso bem, mesmo enchendo o saco. Tantos categorias e homens.
Tantas vezes me parei pensando em como adoramos falar mau destes humanos.. reclamar por todo o mau que as vezes nos causam. Por nos deixar naquela fossa, ou as vezes por apenas no fazer chorar. Deus me deu uma dádiva. Neste momento, me sinto iluminada pela presença de seis homens fantásticos, totalmente diferente de qualquer descrição. Parece estranho e muito constrangedor, eu colocar aqui do nada, uma foto deles, mas na verdade há dois dias eu senti uma necessidade de dizer o quanto eu adoro que eles participem da minha vida. Algumas vezes muito indiretamente.
Quando se tem alguém como o César na vida, não paramos pra desejar mais nada. Ah pai... Tantas vezes eu tentei descrevê-lo, entendê-lo. Tão parecido comigo. Ou melhor, me considero a sua cópia feminina, definitivamente em todos os sentidos. Adoro ter o prazer da sua convivência, quando acordo, quando discuto como a vida está triste, ou quando apenas tento não contestar o preço da minha mesada, quando o sr. pede água, e eu me recuso a ir buscar, e acabo sempre levando. Acho que a minha vida sem você não teria sentindo. Te admiro até quando sentamos pra contar piada. Ou então quando você coloca aquele bico que só você consegue fazer. Eu te amo! Te amo muito. Desejo nunca te perder!
Ai vem aquele tipo de pessoa que está ( OBRIGATORIAMENTE) todos os dias da sua vida, ao seu lado. Aquela pessoa que não te abandonaria, porque ela tem quase a obrigação de cuidar de você. Aquela que você senta pra conversar todos os assuntos, sem excessão. Pessoas como essa se chama irmão. E o meu chama-se Caio. Mágico, essa é a palavra que o descreve. Há dois anos que você está morando longe, e sempre que acordo sem você ou sem a cama vazia, sinto saudade de poder apenas de dizer 'bom dia'. De irmos pra escola juntos e você ir na minha sala, me piraçar e encher meu saco, só com aquela ALFAFA no quadro. Ou de me pedir pra pagar o lanche, atentar algum amigo. Das guerrinhas na cama de minha mãe, de sair sempre machucada, chorando e você não sentir nenhuma pena de mim. E agora dois anos se passou e sinto que a nossa irmandade está mais forte. Não preciso falar todos os dias contigo pra saber que me ama. Assim como tenho certeza que você não preciso falar sempre comigo. Há entre nós uma comunicação que nunca entenderei. Obrigado por estar sempre ao meu lado! Mesmo quando estava errada. Obrigado por me acobertar, por ser meu eterno cúmplice, pelas nossas treitas, por sempre ter o que falar, mesmo nunca sendo o melhor. Quero aproveitar a oportunidade de te dizer que quase me apaixono por você está semana! ( café na cama é pra poucos..)
Depois vem os homens que não 'precisam' estar na nossa vida, mas que surgem como um anjo da guarda, que Deus nos envia nesta nossa vida pra de alguma forma nos ajudar. E inicio falando de um que me deixa maluca, acho que é esse exatamente o dom dele. Quando tudo parece estar bem, surge você ou eu que surgo, pra confudir tudo que estava claro. Você parece as nuvens cinzas de um céu azul. E sim, isso é fantastico em você. Não preciso dizer que odeio esse seu jeito confuso de interpretar as coisas que falo, e principalmente de se expressar, porque na verdade eu sei que você só faz isso pra me piraçar. No fundo, no seu intimo você sempre soube de tudo. Não é verdade Sr. Gabriel Netto? Agora não importa, estou fazendo um plano maligno (tenha medo!) pra tentar te traduzir. Olhos não servem, este dom já me pertence. E não, eu não quero te agradecer. Acho que te devo muito mais um desculpa, do que um obrigado. Desculpa pelo passado, por tudo que já lhe causei, saiba que no fundo eu sempre sei de tudo.
O outro homem, é completamente o oposto do citado a cima. Tenho a impressão que você veio a minha vida, pra clarear as coisas obscuras. Você sempre está ao meu lado com esse seu jeito único. Eu sei que nós nos amamos. E digo isso, porque sempre estamos naquela velha resenha de sempre. Ah Tiago Dutra, sem H e L, vulgo Presto. Até hoje agradeço por Amanda ter me feito ir na casa de Pah aquele dia, e depois disso, você com seu scrap me chamando de cachaceira. Sim, quem me adicionou foi você. E eu admito que naquele dia, eu te olhei muito. E todas aquelas resenhas.. Todas as risadas. Agradeço também a Rolem, aquela insuportavél, que fez com que nos ree-contrassemos. Agradeço a Deus, por ter sempre uma pessoa que me faça rir na minha vida. Você é o tipo de pessoa que está comigo até quando estou em Salvador. Ou em Petrolina. Suas mensagens na madrugada, nossas trocas de prozas ruins, apelidos (preta gil, branco, sequela master, pê...), ligações pequenas, convites indiretos, conversas imensas no msn, você se achando, acho que nós damos tão bem porque se formos analisar somos muito parecidos. E sim, eu quero te agradecer. Pelo pouco e muito que já fez. Por simplesmente ser um master amigo, um master homem, e principalmente um master modesto. Eu te amo, te amo muito. Mesmo que você custe a acreditar.
Agora nem sei o quê dizer, primeiro porque não sei quando ou porquê você entrou na minha vida, não tive a oportunidade de tanta convivência, pessoalmente, e também morro de vergonha desse ser. Poderia chamá-lo de Anjo! Literalmente, Ruh. As vezes sinto que você entrou na minha vida, pra ser meu anjo, como já foi tantas vezes e acho que nunca percebeu. Você sempre esteve aqui, online, se assim posso dizer, pra escutar eu dizer lorotas, escutar eu falar que a vida é chata, triste, e todos aqueles dramas, pra escutar eu dizer sobre amores, fazer jogos de palavras e eu não consigo entender porquê você faz isso. Eterno anjo. Anjo que surgiu do nada e entrou na minha vida pra fazer o bem. Anjo, que me deu um sorriso que mudou o dia. Anjo, que me ajudou quando quase não achava solução. Anjo, esse ser que muitas vezes aparecem em nossas vidas, que as vezes passam sem ser visto, que acalmam nossa alma, que aquieta o nosso ser, que dá inspiração.. Anjo! E anjos são inexplicáveis. Anjos não cabem em textos. Anjos são a própria linguagem do afeto, do bem-querer, do segredo divino. Meu anjo da guarda, esse tenho certeza que é você. E agora e sempre, continuarei me perguntando de onde vem isso que acontece entre nós, que não vou conseguir descrever, vou me perguntar porquê você vem sempre, com todo carinho conversar comigo, todo atencioso, agora mais do que nunca tenho certeza que você é meu anjo. Obrigado! (APROVEITANDO, PARABÉNS!)
E pra finalizar, Kito Henrique. Oh baby.. Não tenho muito o que falar de você, não tem muito tempo que te conheço. Na verdade, começamos a conversar mesmo no dia do resultado da ftc. Você, fisioterapeuta. E eu? Juiza! :~ Advogada é um sonho pequeno, que não combina comigo. hahahahaha (tudo um exemplo, porque não quero Direito).. Mas enfim, só agradeço por me dar atenção, por conversar, piraçar.. Por estar ai neste mundo, mundo cheio de homens.


'' Mas eu prefiro acreditar nas palavras que dizem, que mesmo quando não houver nem fé, nem esperança, o amor continuará...'' - Orquestra Imperial


Espero que gostem. Vou dormir, são 1:48!
E amanhã eu tenho aula. Desejem sorte pra mim! :)

Desculpa, desculpa e desculpa!

Eu sei que nada concreto que eu escrever vai explicar a falta de amor (que sinto as vezes) por esse blog. Então só me resta pedir desculpas aos meus leitores lindos. Algumas coisas sem importância/importantes aconteceram neste quase um mês. E preciso dizer a vocês, queridos, que eu mudei. Do verdo mudar. Resolvi tirar férias do blog e do twitter ( orkut e msn não consigo) para reavaliar algumas coisas. E como já dizia uma velha amiga '' sentimentos, sentimentos, a 1° linha de Alice''. Pois bem...Sentimentos reavaliados. E agora estou na cabeça com a imagem da SKOL, não sou alcoolatra, juro! (apesar de estar com vontade de beber uma cerva :P). É que meus pensamentos estão redondos. Giram e se encontram no mesmo lugar! Explico isso depois...

Ah, desculpa de novo.
E não, eu realmente não vou conseguir voltar 'melhor'.

Ps: o melhor foi humilde, as pessoas desta vida, sabem que eu não do que escrevo.
* preciso mandar beijos:
G.N e K.H ( motivo de minhas voltas )
T.D ( dos minhas eternas risadas e carinho)
C.S ( da minha vida)
M.L (da minha saudade)

essas letrinhas são super suspense.