domingo, 13 de setembro de 2009

bem...

Não faço a mínima idéia do que se passa no meu coração agora. Mas devia ter concordado, desde o principio, que corações são portas abertas por fora. Porque nunca temos a chave, mesmo querendo tentar abrir e jogar 'fora' tantos sentimentos obscuros que insistem em ser guardado. No nosso coração, na nossa vida, e na nossa mente; meu pai anda repetindo sempre que nunca se há duas pessoas, que há duas mentes. E realmente é isso... A sua mente talvez seja complexa ou confusa demais pra ser entendida por mim. Não queria tentar te traduzir, ou entender o que se passa, não queria que você duvidasse tanto de minha palavra, e também não queria que houvesse outros na história, tantas coisas que eu queria, que agora não importam mais. Não pra você, e não da forma como eu pensava. É agora que entra Nana, minha Nana, que tão indiretamente com aquele escravocardiaco, anda me ajudando demais. Agora me veio à cabeça, aquele texto do grande Veríssimo que eu li no blog dela, que diz que os caras perfeitos sempre serão os imperfeitos. É exatamente isso, conheço 'um cara' tão perfeito, que talvez me encante só no fato de conseguir me encantar. E conheço ' um cara' tão imperfeito, que me deixa maluca, só no simples fato de existir. Duas pessoas completamente diferentes. E o meu coração.

Tão complexo é mesmo falar de amor. E quero aproveitar toda e qualquer oportunidade, pra lhe dizer que sinto muito. Sinto muito por ter partido teu coração algum dia, por ter acabado com tudo isso, por ter errado algumas vezes, ou tantas vezes e ter tentando concertar o erro tão mais tarde. Anos luz mais tarde. Na verdade, é que não muda nada o sentimento. Eu continuo te amando e minhas pernas, (in)felizmente ainda ficam bambas quando te vejo. E eu necessito de tudo isso passe, necessito que a minha dependência sobre você, passe. Que os meus sentimentos, não fiquem em alto pico, inofensivos ou não, andam me trazendo muita dor. Necessito que você seja tão mais simples. E que me torne mais simples.

Há algo de Cássia Eller, outra grande, que diz assim: ‘ Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar, que tudo era pra sempre, sem saber, que o pra sempre, sempre acaba... Mas nada vai conseguir mudar o que ficou, quando penso em alguém, só penso em você.’
Ando me sentindo assim.. Algo que não existe e tudo que eu sinto. Todos os (idiotas) destes sentimentos que insistem em estar aqui. O meu coração que grita, e eu nem sei porquê.
Acho que é isso.. Nada de sintática nas minhas definições, nada mais de prolixidade, nem de sonhos irrealizáveis. Talvez a proposta seja essa, cartas na mesa, cenário pronto, cortinas abertas, o show vai começar.


“Meu partido, É um coração partido E as ilusões Estão todas perdidas Os meus sonhos
Foram todos vendidos Tão barato Que eu nem acredito. Ah! Eu nem acredito... "

Cazuza (L)

ps: nana, você observou que só usei grandes hoje? quanta falta de inspiração!

3 comentários:

  1. falta de inspiração?!
    eu queria que minhas faltas de inspirações rendecem textos tão bons quanto os seus!
    está lindo.. está mesmo, muito ótimo!
    e ' usar ' os grandes pra poder se expressar não é falta de imaginação, é, na verdade, muito conhecimentos sobre esses tais grandes!
    acho que de todos os seus textos, esse foi o que eu mais gostei.. o que mais me tocou.
    sinto por você ter que passar por isso, mas você, pelo menos, tirou algo bom do sentimento e conseguiu colocar isso em palavras.. é um dom, prima!
    beijo. adorei! :D

    ResponderExcluir
  2. hahahha..
    não! é que eu escrevi um texto sobre a pêra e falei que ela tinha bolinhas da cor-de-quem-acabou-de-voltar-de-Ilheus.. aí o Theu amou a expressão.. e um dia ele foi me perguntar qual era a cor dele e eu disse que era cor-de-quem-acabou-de-voltar-de-Ilheus.. aí ficou.. até a Isa ( irmã dele.. ) chama ele assim! ^^
    aaah, você e sua modestia mesmo.. que nem o Theu disse.. esse texto tá uma divindade! hahaha
    Ps.: que bom que você voltou! :D

    ResponderExcluir
  3. ain, o amor é muito complicado :~ não entendo direito, acho que ninguém entende, ele simplesmente aparece, e ninguém se da conta, e quando vê já esta completamente apaixonada!

    ResponderExcluir