domingo, 12 de julho de 2009

irmãs, amigas, companheiras.


oh minhas lindas, tem bastante tempo que eu queria dizer a vocês a tamanha importância em minha vida. um dia, eu fiquei pensando como é fascinante a nossa capacidade de refazer os laços, a vida, o amor. e é isso que vou sentindo. acho que minhas manhãs sem vocês quatro, não seria nada. tenho certeza. porque descobri apenas esse ano que vocês sempre foram as melhores pessoas que eu poderia conhecer. as melhores para estarem ao meu lado, não que estar ao meu lado seja algo assim, é que cada uma de vocês carrega em si várias partes que eu tenho de mim. como se vocês me completassem. venho dizendo sempre que admiro muitas coisas em Deus, e uma delas é colocar pessoas uma na vida da outra, coisa que sempre tem um propósito. o nosso propósito ainda não descobri. quando entender, conto. um homem que eu admiro muito, que tenho certeza que vocês não suportam mais me ouvir falando dele, chamado Pe. Fábio de Melo dizia:' é bom ter amigos, porque na verdade as pessoas amigas antecipam o tempo daquilo que acreditamos ser eternos, ser eterno. são capazez de olhar pra nós, descobrir o que temos de bonito, mas que insiste em ficar escondido'.
acho que foi exatamente isso, porque não há nada mais bonito do que você ser achado, quando está perdido. quero que vocês tenham a certeza que eu estarei aqui sempre. todos os dias, todas as horas, todos os minutos. que meus ouvidos são seus, que minha mente é de vocês. e por favor, se um dia tiver de me esquecer, me esqueça. mais bem devargazinho! aos poucos.. uma vez li em uma carta que recebi, que não tem como amizade ou tantos afins, ter um fim. e desejo pra nós cinco, que cada fim, seja um novo recomeço. que aquelas velhas brutalidades, sejam fontes de virtudes. que aqueles velhos micos, sejam fontes de aprendizados, que aquelas velhas conversas, sejam fontes de ensinamento, para que cada dia esse nosso elo se fortaleça, cresça.
e obrigado, pelos momentos divinos ao lado de vocês. pelo nossas comilanças, pelas fotos.. micos! pela conversas em plena aula, por me escutarem quando não sei nem o que falar, por aturarem quando eu me torno a pessoa mais chata; e só pra finalizar, um brinde a nós. e só pra não esquecerem, como já dizia Ananda: O carro do meu pai é movido a gasolina, o meu é diferente é movido a cocaína. [rs] me aturem!Um beijo, dá eterna apaixonada por vocês ♥
“Flores são todas as cores, de tantos amores, que eu nunca esqueci, límpida passa no peito essa seiva, verdade que me une a vocês, livre de toda a maldade
essa tal de amizade pra mim é raiz, que deixa marcas no solo é a beleza do colo, do ombro e do sim, necessidade da terra, presença, essencial para a vida, a sua maneira de ser para mim, já poda o que há de ruim, a minha vontade de ser pra você, feito sombra, descanso sem fim e se algum dia esquecer de mim, só se lembre que estou por aqui. ” Pe. Fábio! (L)